quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Tudo o que precisa de saber sobre osgas

Para além de serem muito bonitas
 (vejam só estes dedinhos tão redondinhos!)
 "Ao contrário do que muitas pessoas pensam, as osgas não são venenosas e até são muito benéficas pois alimentam-se de vários insetos.
As osgas vivem em toda a península Ibérica. Em Portugal são abundantes no centro e sul do país, sendo muito raras no norte. Gostam de viver em zonas rochosas ou pedregosas, no entanto também se dão bem em zonas urbanas, onde aparecem principalmente em muros, habitações velhas ou troncos apodrecidos, mas também em casas habitadas.
Hibernam entre Novembro e Fevereiro. De inverno, antes de hibernar, aparecem de dia pois gostam de apanhar um pouco de sol; no verão só aparecem de noite, para evitar as horas de mais calor.
A sua alimentação é feita à base de baratas, formigas, aranhas, escaravelhos, moscas, mosquitos e traças. No verão, à noite, posicionam-se perto de luzes à espera dos insetos que são atraídos por estas."
 
"Quem vive no campo saberá que uma das melhores formas de manter as melgas longe de casa é não enxotar a osga que vive por cima da porta. Ora está na parede vertical, com a cabeça virada para cima ou virada para baixo, ora está presa ao teto como se tivesse cola nas patas. Mas não é cola, nem tão pouco ventosas, é uma atração eletrostática, como quando ficamos com os cabelos presos num ecrã de televisor."

Fotos: Rutix. Milfontes, Setembro 2014.
Textos: www

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Pego das Pias


É um lugar único, de uma beleza natural ímpar, e ainda permanece intacto. 
Entre S. Luís e Odemira, situado na zona norte da Freguesia de S. Salvador, na zona dos Ameixiais, isolado , entre rochas altas e um verde luxuriante, existe um lugar muito especial, o Pego das Pias.
O seu nome tem origem nas diversas cavidades circulares na rocha, provocadas aparentemente por redemoinhos numa altura em que o nível das águas no local era superior ao actual, pelo menos a avaliar pelas marcas deixadas na rocha. A força do caudal das águas associada ao declive da zona deverá ter provocado os redemoinhos que perfuraram a rocha criando as chamadas "pias" .
O Pego das Pias quase não tem marcas de intervenção humana e tem-se mantido como uma espécie de ex-libris natural da região, motivando um enorme interesse e a visita de muitos curiosos e amantes da natureza.
 
 
Texto: Freguesia S. Salvador
Foto: Rutix. Setembro 2014

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Cartaz


sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

FELIZ 2015!

Se tivesse de fazer um balanço do meu 2014, escolheria estas palavras de Augusto Cury:
 (e não de Fernando Pessoa a quem sempre são erradamente atribuidas)
 

"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que a minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver,
apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.

(...)"

 
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo.
 
 
Fotos: Muhipiti
Muhipiti e Rutix. Milfontes, Setembro 2014
 

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Hiena

E já que estamos em maré de aniversários, faz hoje um aninho também que resgatei esta menina do canil da APCA.
 
Havia tempo que já éramos amigas, a Nikita e eu.
 
Mas no dia 31 de Dezembro de 2013 decidi torná-la minha. Mantendo a sua pose de lady, a Nikita tornou-se Hiena. O seu peito pintalgado, as orelhas de mabeco impertigado e o olhar meigo aproximam-se mais do calor de África do que dos ambientes frios do norte europeu.
 
Esse dia foi de sorte para as duas.
 
Ela ganhou um lar quentinho e comida mais refinada e eu uma companheira sempre presente, um apoio imediato nas horas difíceis.


Foto: Muhipiti.
Quadro: José Manuel Camacho

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Kira

Faz hoje um ano que a Kira veio para passar uma pequena temporada comigo.
Veio e ficou :-)

A Kira é uma gatinha linda, brincalhona, doce e arisca que fica com a cabecinha encostada à porta de casa quando me sente a chegar

Que procura sempre um mimo mas...so quando vai comer ;-)



quinta-feira, 4 de setembro de 2014

De ripanço


Até os cães merecem férias!

Foto: Fim e Nuky. Palmela, Agosto 2014